Search
Search Menu

Outras Bequilhas – Cessna 305

Por Ricardo Guinter.

O Cessna 305 “Bird Dog” é uma aeronave americana de asa alta com capacidade para dois tripulantes. É um monomotor leve com uma bequilha, fabricado pela Cessna para observação, controle aéreo de tiro e controle aéreo avançado. A aeronave recebeu as designações militares L-19 e O-1 Bird Dog, voando pela primeira vez em 1949. Foi empregada na Guerra da Coréia e no Vietnã.

Imagem: Aldo Bidini

Imagem: Aldo Bidini

O “Bird Dog” foi a primeira aeronave usada pelo Exército norte-americano após a criação da Força Aérea Americana. Foram fabricadas 3.431 unidades que operaram em diversos países do mundo. Na Força Aérea Brasileira (FAB), o avião voou entre 1957 e 1980.

A L-19 recebeu o nome “Bird Dog” em um concurso realizado pela Cessna. O vencedor, Jack A. Swayze, foi escolhido por um conselho Exército dos EUA. O nome foi selecionado porque o papel da nova aeronave do exército era encontrar o inimigo e sobrevoar o alvo até que a artilharia pudesse chegar para atacar.

Voando baixo sobre o campo de batalha, o piloto poderia observar os tiros dados pela artilharia. Assim, via rádio, auxiliava no ajuste do ataque como um “Bird Dog,” usado nas atividades de caça.

felix-goetting

Imagem: Felix Goetting

A aeronave chegou ao Brasil através do plano Aliança para o progresso, fomentado pelo Presidente Kennedy. A FAB recebeu 20 L-19 para operar como rebocador, podendo rebocar até dois planadores.

Foi a Aeromot a empresa responsável pela conversão dos aviões militares em aeronaves civis. Em 1991, um exemplar do aparelho chegou ao Aeroclube do Rio Grande do Sul e foi pilotado pela primeira vez nesta instituição pelo Comandante Machado.

img_0003

A aeronave continua em condições de voo no Aeroclube do Rio Grande do Sul, disponível para apreciação de todos aqueles apaixonados pela história da aviação mundial.

img_0317

 

Autor

Ricardo Giacomelli Guinter é instrutor do Aeroclube do Rio Grande do Sul.

3 Comments Write a comment

  1. Este avião é um must … texto muito bem explicitado. Completo. Parabéns!

    Reply

  2. Giacomelli, li e gostei. Tem muitas aeronaves para o resgate, ante que se percam no esquecimento. Parabéns. Um abraço. Prado

    Reply

Deixe uma resposta