Search
Search Menu

Dia 2

Texto: Leonardo Dutra / Imagens: Diego Difante.

Decolamos da dois nove (cabeceira 29) do Aeroclube de Eldorado do Sul neste segundo dia de viagem para visitar mais três reconhecidas instituições aeronáuticas do Estado do Rio Grande do Sul.

A bordo do “Tupi,” matrícula PT-NRQ, partimos da região metropolitana de Porto Alegre e viajamos a 1000 pés AGL (acima do nível do solo) em quase todo o trajeto até a cidade de Santa Cruz do Sul.

Neste segundo dia de viagem a Expedição Aeroclubes contou com a presença de Diego Difante, que acompanhou o projeto e foi responsável pelas imagens desta belíssima segunda-feira no sul do Brasil.

diego-1

Chegando ao Aeroclube de Santa Cruz do Sul fomos recebidos pelos instrutores Daniel Thobe e Adriano Alves. Os aviadores apresentaram o passado e o presente da escola, evidenciando os planos de desenvolvimento da instituição.

O Aeroclube de Santa Cruz investe na captação e fidelização de sócios e alunos. Thobe e Alves apontaram o investimento da escola na qualidade da instrução oferecida, bem como, salientaram os planos do Aeroclube para atrair sócios na cidade.

dsc_7866

De Santa Cruz partimos para Cachoeira do Sul, distante apenas 33 nm (milhas náuticas) daquele município.

Particularmente, foi um prazer voltar à cidade onde realizei meu primeiro voo solo. Lembro-me do Cessna 140 (aeronave com trem de pouso convencional), de matrícula PP-DFW, que operou na instrução de pilotos na Aero Agrícola Santos Dumont.

Entre várias outras escolas de elevada qualidade de instrução no Brasil, a Aero Agrícola Santos Dumont se destaca no meio aeronáutico como referência nos cursos de CAVAG (Curso de Aviação Agrícola).

“Seu” Bernardi, uma lenda viva da aviação brasileira, é o proprietário desta emblemática instituição que formou e ainda forma centenas de pilotos no país.

dsc_7936

A Aero Agrícola Santos Dumont funciona ao lado do hangar do Aeroclube de Cachoeira do Sul, entidade que no momento está com suas atividades suspensas.

No entanto, tivemos a oportunidade de registra uma aeronave AT-26 Xavante, que pertenceu à Força Aérea Brasileira, e que hoje está exposta em frente ao Aeroclube de Cachoeira do Sul.

img_0016

Por volta das 3 horas da tarde partimos para Eldorado do Sul com o objetivo de registrar um pouco da história da instituição que já foi denominada de Aeroclube de São Leopoldo.

Embora o Aeroclube funcione desde 2005 em uma espaçosa área dentro do munícipio de Eldorado do Sul, a instituição funcionou de 1941 até os primeiros anos deste século na cidade de São Leopoldo, distante mais de 40 km de onde hoje funciona a atual escola.

dsc_8018

Operando em uma pista própria de 1.600 metros, a instituição conta com um grande número de aeronaves, entre elas, vários exemplares do Aero Boero, Paulistinha, Arrow, Tupi, Cherokee e Seneca.

Curiosamente, o Aeroclube de Eldorado ainda opera algumas das aeronaves que pertenceram a EVAER, a Escola de Pilotos da VARIG, no Rio Grande do Sul.

Na ocasião do fechamento daquela instituição, o Aeroclube de Eldorado do Sul adquiriu algumas aeronaves da VARIG para o treinamento de pilotos na escola que nascia da transferência do Aeroclube de São Leopoldo para sua nova morada.

aeroeldorado1

A Expedição Aeroclubes encerra mais este dia de viagem anunciando uma grande surpresa para esta terça-feira. Não deixe de conferir o terceiro dia da Expedição Aeroclubes do Brasil.

Galeria de Imagens

 

Veja também

O Clube Aero Boero está sobrevoando o Brasil para mostrar os detalhes da aviação de treinamento no país. Veja mais em Expedição Aeroclubes do Brasil.

 

Autor

1 Comment Write a comment

  1. Uma verdadeira aula de aviação

    Reply

Deixe uma resposta